De autoria do grupo CLAMP (autoras de Guerreiras Mágicas de Rayearth, Chobits, xxxHolic e Tsubasa Reservoir Chronicles, também publicados no Brasil), as aventuras da meiga e atrapalhada Sakura Kinomoto em busca das misteriosas Cartas Clow começaram em 1996, nas páginas da revista japonesa Nakayoshi, e logo conquistaram o público.

A série ganhou o prêmio Seiun Award na categoria "Melhor Mangá", em 2011, e sua versão em anime também foi premiada durante o Animage Grand Prix, como o "Melhor Anime de 1999". Dois filmes baseados no mangá, vários games e produtos relacionados à obra invadiram as prateleiras japonesas durante os anos seguintes, tornando a série uma febre nacional.

Não foi apenas no Japão que Card Captor Sakura se tornou popular. O mangá também foi publicado nos EUA, Europa e em vários outros países, sempre alcançando êxito de público e crítica. Em 2000, o desenho animado foi exibido no Brasil pelo canal pago Cartoon Network e, posteriormente na TV aberta, pela Rede Globo. No ano seguinte, a versão em mangá chegou ao público brasileiro através da Editora JBC e cativou tanto os leitores que até hoje é um dos lançamentos de maior sucesso da editora, com alguns de seus volumes esgotados nas bancas de todo o país.

Em junho, para a alegria dos fãs brasileiros, Card Captor Sakura está de volta às bancas em uma edição especial! Agora com o mesmo título do original japonês e em formato tankobon, a coleção traz ainda páginas coloridas iguais à versão original, com o capricho e a qualidade característicos da Editora JBC.

A História

Card Captor Sakura conta a história de Sakura Kinomoto, uma menina comum que cursa o quarto ano e treina para ser líder de torcida em sua escola. Um dia, ela encontra um misterioso livro no escritório de seu pai. Ao abri-lo, Sakura libera as Cartas Clow – 52 cartas criadas pelo mago Clow Lead, que atribuiu poder a elas misturando magia inglesa e chinesa.

O Guardião do Lacre do Livro, Kero, também desperta e avisa à menina que as cartas deveriam ser capturadas, senão uma grande desgraça poderia acontecer.

Então, Sakura se torna uma Card Captor com a difícil missão de capturar todas as cartas que escaparam!



Personagens

Sakura Kinomoto – Sakura era uma garota comum até o dia em que encontrou o Livro Clow e deixou que as Cartas existentes dentro dele escapassem. Mas isso não aconteceu por acaso. Ela conseguiu abrir o livro porque possui poderes mágicos que nem imaginava ter. Na ocasião, Kerberos, o Guardião do Lacre, despertou e declarou Sakura a nova Card Captor. Ela recebeu uma chave mágica que se transformou no báculo, utilizado por Sakura para trancar as Cartas Clow. A heroína é uma pessoa meiga e ingênua. Na escola, faz vários esportes e também está na equipe de Líderes de Torcida – embora sempre acerte a própria cabeça com o bastão.

Kero (Kerberos) – É o poderoso Guardião do Lacre do Livro Clow. Porém, como as Cartas fugiram, ficou com poucos poderes mágicos e não está em sua forma original. O Sol é seu astro regente. Assim, quando a heroína capturar as Cartas Fogo e Terra, ele recuperará seus poderes – se bem que Kero só terá sua força total de volta quando todas as Cartas Clow forem reunidas.

Touya Kinomoto – É o irmão mais velho de Sakura. Desde criança, Touya tem como passatempo favorito atormentar sua irmã chamando-a carinhosamente de Monstrenga. Mas no fundo Touya se preocupa com Sakura. Ele está sempre pronto para ajudar sua irmãzinha. Touya é ótimo cozinheiro e também um grande esportista, sobretudo no futebol. Dizem que ele pode ver o fantasma de sua mãe.

Fujitaka Kinomoto – É o pai de Sakura e Touya. Casou-se cedo com Nadeshiko. Na época ele era um professor novato e ela tinha apenas 16 anos. Depois de 10 anos de casamento sua amada esposa acabou adoecendo e morreu. Fujitaka é um cara simpático que, embora sempre esteja ocupado com suas aulas e palestras, vive preocupado com os filhos.

Tomoyo Daidouji – É a melhor amiga de Sakura. Tomoyo é uma das poucas pessoas que sabem que a heroína é uma Card Captor. É ela quem faz sozinha todas as fantasias que Sakura usa em suas aventuras. Tomoyo também faz questão de gravar em vídeo sua amiga em ação.

Yukito Tsukishiro – É o melhor amigo de Touya. Yukito é a simpatia em pessoa. Adora comer e está sempre dando uma força para Sakura. A heroína, por sua vez, tem uma quedinha por Yukito. Mas o garoto esconde um grande segredo, revelado apenas no final da primeira parte das aventuras de Sakura.

Li Shoran – Natural de Hong Kong, Shoran é descendente do Mago Clow, o criador das cartas mágicas, e por isso possui grandes poderes. Shoran vai ao Japão juntar as Cartas Clow e logo se torna rival de Sakura. Mas, no fim, acaba mesmo é apaixonado pela heroína.

Eriol Hiragizawa – Vindo da Inglaterra, traz consigo vários mistérios e segredos que vão sendo desvendados ao longo das aventuras da série. Assim como Sakura, ele tem dois guardiões, um báculo mágico e grandes poderes.

Nakuru Akizuki (Ruby Moon) – É a amiga de escola de Touya. Ela está sempre pendurada – literalmente – no pescoço do irmão de Sakura. No entanto, Nakuru é, na verdade, Ruby Moon, uma das guardiãs sob as ordens de Eriol.

Spinel Sun – É um dos guardiões de Eriol. Geralmente mantém a forma de um tipo de gatinho preto. Porém, sua verdadeira aparência é de uma espécie de pantera negra com asas de borboleta. Enquanto Kero adorava videogames, o passatempo preferido de Spinel é ler livros.

As autoras

Com traços rebuscados e rico em detalhes, layout inovador e enredo envolvente, o CLAMP formou uma legião de fãs no mundo todo. Mais do que isso: apesar de fazer quadrinhos voltados para o público feminino, os mangás acabaram caindo também no gosto dos meninos. Como todo mangaka, o CLAMP começou seus trabalhos fazendo dojinshis em 1984.

Há quem diga que, nessa época, o grupo era formado por 11 pessoas. O número de integrantes diminuiu com passar do tempo até ficar reduzido a um núcleo de quatro produtoras: Ageha Ohkawa (ex-Nanase Ohkawa), a líder do grupo, responsável pelo design, argumentos e roteiros; Mokona (ex-Mokona Apapa), a desenhista; Satsuki Igarashi, que cuida do design, desenvolvimento e, às vezes, faz ilustrações; e a também desenhista Tsubaki Nekoi (ex-Mick Nekoi). Os pseudônimos entre parênteses são os nomes pelos quais elas eram conhecidas até 2004, quando mudaram de pseudônimos.

Card Captor Sakura estará nas bancas a partir de junho, em formato tankobon e com 16 páginas coloridas, no valor de R$14,90.

Reações: 

0 Responses so far.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...